Função do Barbado da Terceira

Ch Adágio a evitar que as ovelhas se afastem

O Barbado da Terceira é originalmente um cão de pastoreio de gado bovino, muito abundante na ilha. Para trabalho, seleccionavam-se os animais que mordiam baixo (na zona da quartela) para o maneio de vacas de leite e os que mordiam mais alto (no curvilhão ou acima) para o gado bravo. Mais recentemente, tem sido também usado no maneio de caprinos e ovinos, tarefa mais árdua e que deve feita por utilizadores experientes, devido à propensão da raça em morder quando é necessário convencer o gado relutante a mover-se, situação potencialmente problemática uma vez que os pequenos ruminantes são mais frágeis que os bovinos.

Para ver fotos de cães em pastoreio, clique aqui.

Ch Tejo em patrulha

Nos últimos anos, a raça tem sido cada vez mais utilizada para companhia e guarda de propriedades, sendo essa actualmente a função da maioria dos exemplares. É um excelente companheiro, sempre vivaz e procurando a interacção com o dono. Como guarda, é um excelente cão de dissuasão, mas que não hesita também em fazer o que for necessário para evitar que um intruso entre no seu território. Porém, se o cão se aperceber que o seu dono, em quem confia, aceita a outra pessoa, rapidamente passa de guarda para alegre companheiro, recebendo bem, nesta situação, o anterior “invasor”.

Ch Adágio a brincar com desconhecido aceite pela dona

Quando o dono aceita o desconhecido, o Barbado rapidamente passa de guarda a folião!

Dadas a sua inteligência, agilidade e vontade de agradar, a raça tem um excelente potencial para diferentes disciplinas desportivas, como Obedience, Agility, Trekking, etc.